Histórico de edições

(64)
há 2 anos
Bom dia Doutora Não sou formado em Direito, apenas um apreciador da matéria, mas trabalho em uma Assessoria Jurídica como escriturário. Como leigo (e poderia até ser parte de um juri), os senhores
há 2 anos
Não a feriu por ela ser mulher? O "amigo" que era homem, maior que o agressor, e que também traiu, não foi ferido. O agressor se limitou a "ferir" o patrimônio... Curioso né?
há 2 anos
Seu comentário, assim como o seu texto que originou o debate, são excelentes e bem fundamentados - como tudo deve ser. Por isto não há motivos para pedir desculpas, pois eu fico satisfeito depois por
Seguiu o perfil de Wagner
há 2 anos
há 2 anos
Dr. Nélio, faço minhas as suas palavras. Att.
há 2 anos
Dr. Nélio, faço minhas as suas palavras. Att.
há 2 anos
A colega está sendo criticada pelo seu texto e pasmem: por homens!!! O machismo existe sim e se fosse um caso de um homem traindo a esposa duvido que viralizaria. Acho que o pior de todos é a pessoa
Removeu recomendação de um comentário em Análise jurídica do "caso Fabíola"
há 2 anos
A colega está sendo criticada pelo seu texto e pasmem: por homens!!! O machismo existe sim e se fosse um caso de um homem traindo a esposa duvido que viralizaria. Acho que o pior de todos é a pessoa
há 2 anos
Dr. Patrício, boa noite! Sem dúvidas os filhos são os que mais irão sofrer com essa história, que não precisava ter sido divulgada. É triste ver que ainda existem pessoas que defendem a agressão,
há 2 anos
Dr. Patrício, boa noite! Sem dúvidas os filhos são os que mais irão sofrer com essa história, que não precisava ter sido divulgada. É triste ver que ainda existem pessoas que defendem a agressão,
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Rio de Janeiro (RJ)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Tamiris Cerqueira

Rua Frederico Méier, 11 - Rio de Janeiro (Estado) - 20780-010

(021) 3086-14...Ver telefone

(021) 97525-10...Ver telefone

Entrar em contato